Jan Svankmajer

Apesar de não ter assistido a todos os trabalhos do diretor e roteirista tcheco Jan Svankmajer (1934), gostei bastante dos que vi. O primeiro que assisti foi Alice (Něco z Alenky – de 1988) e fiquei impressionada, muito se fala da Alice de Tim Burton, mas não encontro muita coisa sobre a versão de Svankmajer. Pra quem está acostumado com a versão da disney, pode se espantar com essa representação da obra de Lewis Carrol, talvez pelo aspecto um pouco sombrio (sendo que alguns o consideram até bizarro e perturbador), acaba não agradando a maioria.

{Stop-motion}

Utiliza o recurso de animação em stop-motion em quase todas as suas obras (se não todas), com bonecos, esculturas de massa, objetos e também pessoas. Lembro de um curta chamado Food (Jídlo – de 1992) que é um ótimo exemplo dessa mistura de elementos, vale a pena também pela crítica social relacionando ao modo que comemos.

{Som}

Outra coisa que merece destaque é a sonoplastia, que se adequa perfeitamente a composição, transmitindo sensações que apenas as imagens não seriam capazes de produzir.

{Surrealismo}

O surrealismo, que está sempre presente em seus trabalhos, influenciou principalmente Tim Burton, Terry Gilliam e The Brothers Quay.

O blog masmorra erotica publicou um podcast sobre o diretor, que você pode conferir aqui, você também encontra a Filmografia de Jan Svankmajer nesse mesmo link.

site oficial ♦ entrevista revista vertigo

Alice pop-up

Com o lançamento do filme cada vez próximo, cada dia aparece uma coisa nova relacionada a Alice de Lewis Carrol, como não devo ser a única a ficar doida com cada coisa que vê sobre a personagem, vim deixar uma dica de compra a quem se interessar.

É um livro pop-up (aqueles que você pode manipular, puxe aqui, ali, as ilustras saltam da folha, etc) publicado pela editora Ciranda Cultural, além desse, outros livros da mesma editora também chamaram a atenção e vale a pena dar pelo menos uma folheada no Diário das Invenções – Leonardo da Vinci.
veja mais algumas fotos:

Alice in waterland

Elena Kalis nasceu na Rússia e vive há 10 anos numa pequena ilha das Bahamas. Formada em arte, mas seu interesse pela fotografia é recente.

E é debaixo d’água que ela faz essas fotos inspiradas na obra de Lewis Carroll:

tem mais…

e mais nos links abaixo…

deviantart flickrfacebook