Leitura: Vida organizada

Um novo ano sempre traz essa vontade de renovar, organizar as coisas e se planejar para o ano que começa. 2016 já começou e para aqueles que estão se organizando como eu, trago como sugestão o livro Vida Organizada da Thais Godinho, publicado pela editora Gente.

A Thais traz dicas valiosas para colocar a vida em ordem, não apenas sobre arrumação e limpeza da casa, mas principalmente sobre estabelecer prioridades, alcançar objetivos, realização pessoal e como ter um controle maior sobre sua vida sem perder tempo com coisas desnecessárias.

“Organizar é buscar soluções. […] É planejar com antecedência. Reconhecer o problema, identificar a solução e executá-la.” pg 24

É uma leitura super agradável, com capítulos curtos e objetivos, sem enrolação. O livro possui diversas listas, o que torna mais fácil de entender o conteúdo, utiliza muito bem a cor dentro do livro para destaques e tem também espaços para preencher com as suas definições. Ideal para quem quer se organizar e não sabe por onde começar e também para aqueles que já se consideram organizados.

A Thais tem o blog Vida organizada, onde fala de organização e essa semana ela postou um texto bem bacana com 5 passos da organização:
http://vidaorganizada.com/os-5-passos-da-organizacao/, achei bem objetivo.

Muitas vezes a gente até sabe o que tem que fazer para se organizar, mas precisa de uma ajuda pra começar.

Anúncios

Leitura: A produção de um livro independente

01

No começo do mês terminei de ler o livro “A produção de um livro independente” da editora Rosari e já digo logo que gostei bastante, por isso vou falar um pouquinho dele.

02

O livro foi editado por Ellen Lupton, autora de “Pensar com tipos” e “Novos fundamentos do design”. Ela traz nesse livro todo o processo de publicação, do começo ao fim. Questões como: onde publicar, como criar, quais os tipo de impressão, quais os tipos de encadernação, como distribuir, entre outras é possível encontrar respostas lendo esse livro.

03
Por ser traduzido, muitas coisas no livro funcionam de forma diferente no Brasil ou temos outras opções. Como sites e outras referências no livro, é possível encontrar opções brasileiras também.

Achei uma ótima referência, não apenas para designers, mas para qualquer pessoa que tenha a vontade de publicar um livro. E o que mais gostei foram as várias opções de encadernação manual, fiquei com vontade de produzir um livro pra cada uma!