Matisse hoje

3897187599_1f0212afbd

Matisse hoje… mesmo, a exposição na Pinacoteca sobre Matisse foi prorrogada só até o dia de hoje (02/11), fui há algumas semanas, mas só agora consegui parar para contar como foi.

Portrait_of_Henri_Matisse_1933_May_20Henri Matisse (1869-1954)

Pintor francês, que abusou da intensidade das cores em seus quadros, alegres, vivos e com muito contraste. Entretanto, o público do Salão de Outono de 1905, ficou escandalizado, não só com o colorido, mas com o lugar que as cores foram usadas, conta-se que uma assistente da exposição disse indignada à Matisse que não existe uma mulher com nariz amarelo, o pintor então explicou que não era uma mulher, é um quadro!  O crítico Louis Vauxcelles classificou Henri Matisse e seus colegas como fauves, ou seja, feras, um termo pejorativo, querendo dizer selvagem, o que não agradou muito os artistas, que a partir de então, passaram a fazer parte do que hoje chamamos de Fauvismo.

Nos trabalhos de Matisse, além das cores, destacam-se também os desenhos sintéticos, que simplificam ao máximo a imagem, quase um símbolo; suas colagens com recortes de papéis pintados com guache e a capela de Vence, que durante 4 anos, Matisse trabalhou em praticamente todos os detalhes, elaborou os planos de construção, desenhou os vitrais, as cerâmicas e objetos rituais. Nos vitrais, a difusão da luz faz com que as cores que entram no interior da capela mudem conforme o período do dia, se misturam e iluminam.

Decidi guardar para mim os tormentos e as inquietudes para não expressar mais do que a beleza do mundo e a alegria de pintar.

Henri Matisse

A exposiçãoDSC00453

Fui em um sábado, vi apenas uma sala, lá tinha biografia, alguns trabalhos, fotos e um espaço para exibição de vídeo, eram 2 documentários, um sobre a vida e obra e outro exclusivamente sobre o projeto da capela de Vence.

DSC00452

Pesquisando depois, percebi que não vi toda a exposição, uma pena, eram na verdade 7 salas divididas entre os temas “Paisagens iniciais”, “ Naturezas mortas”, “Mulheres nos interiores, odaliscas”, “O gabinete de artes gráficas” e “Papéis recortados”.

DSC00449

Esse vídeo da foto aí de cima, mostrava ele desenhando e com a câmera lenta, conseguíamos ver os movimentos que ele fazia, antes de encostar o lápis no papel, muito legal!

Veja o vídeo que eu achei (mostra melhor o que foi a exposição, além de mostrar mais coisas)

pesquisei no papo de artistaColeção Folha

Anúncios

Comente aqui

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s